Services

0
Imagem ilustrativa - Reprodução
Um agricultor de 61 anos morreu por asfixia após inalar fumaça de uma queimada que ele mesmo tinha feito em um matagal que fica próximo a um sítio da Zona Rural do município de Lagoa, no Sertão paraibano, a 423 km de João Pessoa.

De acordo com a Polícia Militar em Catolé do Rocha, responsável pelo policiamento na região, o agricultor havia tocado fogo no mato para começar uma plantação na época do inverno quando notou que o fogo havia saído de controle.

Ao tentar apagar as chamas, o agricultor inalou a fumaça e desmaiou, morrendo em seguida. Ainda segundo a polícia, o corpo da vítima, que tinha marcas de pequenas queimaduras, foi encontrado por familiares.

O corpo do agricultor foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Patos, onde vai passar por perícia.


FONTE - PORTAL CORREIO

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.