Services

0
Após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) emitida nesta terça-feira (13) mantendo a deliberação do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) sobre a elegibilidade do prefeito reeleito de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes (PSBD), ele e o vice-prefeito eleito Segundo Santiago responderam à oposição que tenta barrar na Justiça a posse no dia 1º de janeiro.

Em tom irônico, Dr. Bosco declarou que a oposição nunca desiste de tentar passar por cima da soberania do povo através de manobras judiciais e que, ao invés disso, deveria demonstrar trabalho.

– Eles nunca se entregam. Vivem ludibriando a fé dos seus eleitores. Eles deviam era trabalhar para um dia chegarem também ao poder. Com fé em Deus e na Justiça, teremos mais quatro anos de mandato outorgados pela maioria esmagadora do povo de Uiraúna e vamos administrar para todos os uiraunenses, com certeza – disse o prefeito eleito.

Em decisão emitida nesta terça, a ministra Luciana Lóssio resolveu negar o recurso que pedia a cassação do registro e manteve a decisão do TRE-PB que deferiu as candidaturas de Dr. Bosco e Segundo Santiago.

– Nós estamos passando por uma fase, sendo diplomados, porque temos a confiança de que a Justiça será feita. A oposição está no seu papel de não reconhecer a vitória da maioria do povo de Uiraúna. Mas vamos dar seguimento nessa caminhada. Dia 1º vamos, sim, tomar posse. Estamos absolutamente tranquilos – ressaltou o vice-prefeito eleito Segundo Santiago.






FONTE - DIÁRIO DO SERTÃO

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.