Services

0
Uma falha geológica entre os Estados do Rio Grande do Norte e Ceará, na tarde desta segunda-feira (12/12), provocou cerca de 17 tremores em seis horas, na cidade de João Câmara, no Rio Grande do Norte.

O abalo de 2,1 na escala Richter foi registrado pelo LabSis (Laboratório Sismológico) da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte).

Apesar dos vários tremores acontecerem em um intervalo de tempo muito curto, ninguém ficou ferido, apenas algumas casas desabaram. Houve vibrações na parede, portas e janelas. Algumas casas foram destelhadas.

Em 1986, no mesmo município foi registrado um terremoto de 5,1 na escala Richter, que provocou a perda de três mil casas e imóveis.




FONTE - POLÊMICA PARAÍBA
Créditos: Aratu Online

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.