Services

0
Cesta básica tem produtos básicos estabelecidos pelo Ideme (Foto: Jorge Abreu/G1)
O preço da cesta básica na Paraíba fechou o ano de 2016 com um aumento de quase 17%, ficando 0,84% mais alto no mês de dezembro, de acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme), nesta terça-feira (3). No mesmo período do ano anterior, a cesta registrou um aumento de 1,38% no mesmo mês, um acumulado no ano de 13,11%. O feijão e o açúcar apresentaram as maiores variações durante o ano, com 78% e 40,17%, respectivamente.

O custo total da cesta básica em dezembro de 2016 foi de R$ 369,29, o que representa o equivalente a 41,96% do salário mínimo. Em 2015, o preço total foi de R$ 315,99. Uma família composta por quatro pessoas teve que dispor de R$ 1.477,16 para garantir a alimentação.

Segundo o estudo do Ideme, o aumento da cesta básica em João Pessoa, em dezembro, foi liderado pelos seguintes produtos: óleo de soja, com 9,11% de aumento, raízes, com 7,61%, legumes, sofrendo um aumento de 5,54% e frutas, com crescimento no preço de 4,91%.

Além desses produtos, o pão francês também aumentou o preço em 2,33%, o café moído em 1,27%, o leite pasteurizado em 1,16% e as carnes, com aumento de 0,33% também apresentaram variações positivas. Já os produtos que registraram quedas de preços médios foram o feijão, com 7,88%, arroz, com 4,56%, farinha de mandioca, com 3,30%, margarina, com 3,11% e açúcar, com redução de 0,27% no preço.

A cesta básica essencial elaborada pelo Ideme estabelece treze produtos alimentares básicos: arroz, feijão, carnes, farinha de mandioca, café, pão, leite, açúcar, margarina, óleo de soja, legumes, frutas e raízes.



FONTE - G1 PB

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.